Até que ponto o exercício físico ajuda pessoas com câncer?

3 min. de leitura

Atividades físicas melhoram a qualidade de vida de pacientes oncológicos, além de estarem ligadas à redução do risco do desenvolvimento de tumores

 

Os benefícios trazidos pela atividade física sempre foram exaltados, pois há muito tempo sabe-se que ela aumenta o bem-estar físico e mental do praticante. No entanto, ainda se sabe pouco em relação a conexão entre a prática de exercícios físicos e o câncer, sendo grande parte dos conhecimentos atuais pautados em estudos observacionais. Apesar desses estudos não poderem, de forma isolada, demonstrar relações causais, resultados semelhantes foram observados em populações diferentes, tornando fortes as evidências de que realmente existe relação entre os exercícios físicos e o câncer. 

Duas perguntas iniciais são importantes: qual o tipo de impacto os exercícios físicos trazem e quais os mecanismos para isso? Dentre os diversos estudos observacionais, os impactos mais relevantes foram a redução no risco de desenvolvimento de cerca de 13 tipos de câncer, bem como diminuição da mortalidade de pacientes oncológicos, sejam mortes causadas pela própria doença ou por qualquer outra causa. Nesse parâmetro, uma revisão sistemática e uma meta-análise de 2019 demonstraram que pessoas com câncer de mama e fisicamente ativas tiveram um risco 42% menor de morte por qualquer causa e 40% menos risco de morte em decorrência desta patologia. Porcentagens semelhantes foram encontradas em pacientes com câncer colorretal e de próstata. 

Quanto aos mecanismos por trás dos benefícios da atividade física, ela é eficiente para reduzir os níveis circulantes de estrogênio e insulina, o que reduz a possibilidade de divisões celulares exageradas, além de melhorar a imunidade, tornando o corpo mais apto para identificar e destruir células transformadas. 

Visando a melhora global da qualidade de vida, mesmo que existam algumas ressalvas, os pacientes oncológicos devem ser estimulados a praticar atividades físicas antes, durante e após o tratamento oncológico. Antes do tratamento, os exercícios fortalecem o corpo; durante seu curso, a Mesa Redonda Multidisciplinar Internacional do Colégio Americano de Medicina Esportiva de 2018, concluiu que o exercício físico diminui os sintomas depressivos, ansiedade e fadiga. Para os sobreviventes de câncer, a American Cancer Society tem uma diretriz que exige que estes façam exercícios de intensidade moderada de pelo menos 150-300 minutos semanais, incluindo treinamentos de resistência e alongamento dois dias por semana. Outras dicas importantes são o aumento gradual da intensidade das atividades físicas, incluir esportes diferentes e prazerosos como a dança, além de atividades corporais em grupo para preservar a motivação. Também são cruciais a manutenção da hidratação e respeitar os limites dos pacientes. 

Muitas perguntas ainda devem ser respondidas. Atualmente, vários grandes ensaios clínicos estudam a força dessas evidências, como o estudo Breast Cancer Weight Loss em pacientes recém-diagnosticados com câncer de mama; CHALLENGE em pacientes com câncer de cólon que completaram recentemente a quimioterapia e o estudo INTERVAL-GAP4 em homens com câncer de próstata metastático resistente à castração. Assim, visto seus benefícios incontestáveis, é benéfico seguir com as recomendações de exercícios físicos para pacientes oncológicos. Também é esperado que novos estudos tragam, no futuro, relações mais claras e capazes de mensurar o real impacto da prática de exercícios no desenvolvimento e evolução do câncer. 

 

Referências 

 Physical Activity and Cancer. National Cancer Institute, 2020. Disponível em : <https://www.cancer.gov/about-cancer/causes-prevention/risk/obesity/physical-activity-fact-sheet> . Acesso em : 26 de mai. 2022. 

 Physical Activity and the Person with Cancer.  American Cancer Society, 2022. Disponível em : <https://www.cancer.org/treatment/survivorship-during-and-after-treatment/be-healthy-after-treatment/physical-activity-and-the-cancer-patient.html#:~:text=Exercise%20has%20been%20shown%20to,life%20factors%20in%20cancer%20survivors> . Acesso em : 26 de mai. de 2022. 

What are the benefits of exercise? . Cancer Research UK, 2021. Disponível em : <https://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/causes-of-cancer/physical-activity-and-cancer/what-are-the-benefits-of-exercise >. Acesso em: 26 de mai. de 2022. 

Send this to a friend