Auditoria como análise de custo-efetividade e custo-oportunidade

< 1 min. de leitura

O ortopedista e auditor do Instituto do Câncer do Ceará e da Unimed Fortaleza, Dr. André Roldan, em participação na ISPOR LatAm, trouxe uma discussão a respeito do potencial da auditoria, enquanto análise de custo-efetividade e custo-oportunidade, de informar a tomada de decisões na condução dos cuidados de saúde.

Focando-se em um dos trabalhos apresentados por seu grupo no encontro, o Dr. trouxe um estudo de caso, que foi a análise de custo-oportunidade de três diferentes linhas de tratamento para leucemia linfocítica crônica. Por esta análise, pôde-se reduzir o custo de tratamento para todas as operadoras de plano de saúde através da adoção do imatinibe genérico.

Essa redução de custo, sem compromisso significativo da eficácia do tratamento, permite que mais pacientes sejam atendidos, o que reforça a importância de análises de auditoria para a promoção de serviços de saúde que melhor atendam à população.

A ISPOR Latin America acontece em Bogotá, Colômbia entre os dias 12 e 14 de setembro e reúne diversos especialistas de prestígio no cenário latino-americano da área de saúde. Acompanhe a cobertura no site www.oncologiabrasil.com.br/ispor-la, e nas nossas redes sociais.

Send this to a friend