Conitec recomenda a incorporação dos inibidores de CDK4/6 para o tratamento do câncer de mama avançado no SUS

2 min. de leitura

CONITEC emitiu a recomendação final de incorporação do abemaciclibepalbociclibe e do succinato de ribociclibe para o tratamento de pacientes adultas com câncer de mama avançado ou metastático com HR+ e HER2-, no SUS

Estava em avaliação pela CONITEC (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS)  a incorporação de inibidores de CDK4/6 (abemaciclibe, palbociclibe e do succinato de ribociclibe), classe terapêutica inovadora, para o tratamento de pacientes com câncer de mama avançado ou metastático com HR+/HER2-, no âmbito do SUS.  

Os iCDK4/6 já estão consolidados na prática clínica, sendo considerados um importante marco para o tratamento das pacientes com câncer de mama HR+/HER2- localmente avançado ou metastático. Além de já terem sido recomendados por agências de avaliação de tecnologias em saúde (ATS) pelo mundo, tais como NICE, CADTH, na Australia, Espanha, foram, mais recentemente, incorporados ao sistema privado de saúde brasileiro, por recomendação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).  

Apesar da análise de custo-efetividade destes medicamentos ter identificado que todos promoveriam um aumento de QALY (ganho de anos de vida ajustados com base na qualidade de vida obtida), além de demonstrarem eficácia superior aos já incorporados ao SUS, em sua apreciação inicial, a CONITEC recomendou desfavoravelmente a incorporação dessa classe. Foi apresentada a justificativa de que os estudo clínicos referentes aos medicamentos em questão ainda apresentam dados imaturos de sobrevida global e, além disso, foi avaliado que os custos do tratamento e o impacto orçamentário seriam elevados para o SUS.  

Após a abertura de uma consulta pública, que ocorreu entre os dias 10 e 29 de setembro de 2021, que recebeu contribuições da sociedade sobre o tema. A partir disto, na 103ª Reunião da Conitec, em 10 de novembro de 2021, na qual ocorreu a recomendação final de incorporação do abemaciclibe, palbociclibe e do succinato de ribociclibe para o tratamento de pacientes adultas com câncer de mama avançado ou metastático com HR+ e HER2-. 

Referências: 

  1. Relatório de recomendação CONITEC. Abemaciclibe, palbociclibe e succinato de ribociclibe para o tratamento de pacientes adultas com câncer de mama avançado ou metastático com HR+ e HER2-. Disponível em: http://conitec.gov.br/images/Consultas/Relatorios/2021/20210909_Relatorio_Abemaciclibe_Palbociclibe_Ribociclibe_CA_Mama_CP_77_2021.pdf 
  2. RELATÓRIO PARA SOCIEDADE: informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS. Disponível em: http://conitec.gov.br/images/Consultas/Relatorios/2021/20210909_ReSoc290_abemaciclibe_palbociclibe_ribociclibe_cancer_mama.pdf 
  3. Pauta 103ª Conitec Reunião Pós Reunião. Disponível em: http://conitec.gov.br/images/Reuniao_Conitec/2021/20211110_Pauta_103_Reuniao_PosReuniao.pdf  
Send this to a friend