Estudo SOLO3: olaparibe em câncer de ovário metastático sensível a platina

< 1 min. de leitura

A Dra. Angélica Nogueira, presidente do Grupo Brasileiro de Tumores Ginecológicos, comenta os resultados do estudo SOLO3, que avaliou a eficácia do olaparibe vs. quimioterapia para pacientes com câncer de ovário metastático e sensível a platina, com mutação germinativa em BRCA1/2. O estudo foi positivo para sobrevida livre de progressão e os dados foram divulgados no ASCO 2019, evento que ocorre em Chicago (EUA), de 31 de maio a 4 de junho.

Send this to a friend