Impacto prognóstico da descontinuação precoce do tratamento adjuvante de pacientes com CCR em estágio III

3 min. de leitura

Uma análise agrupada de ACCENT/IDEA demonstra que para pacientes com câncer colorretal estágio III, tratados com 06 meses de quimioterapia adjuvante baseada em oxaliplatina, a descontinuação de oxaliplatina apenas, mantendo o tratamento com fluoropirimidina, não foi associada com piores desfechos

Seis meses de tratamento adjuvante com quimioterapia baseada em oxaliplatina ainda prevalece como o tratamento de escolha para pacientes com câncer colorretal (CCR) estágio III que apresentam características de alto risco de recorrência, e a descontinuação precoce do tratamento (DPT) pode agravar o prognóstico desses pacientes. Além disso, os dados de implicação prognóstica da descontinuação precoce da oxaliplatina apenas (DPO) ainda são incipientes. Esta análise combinada de 11 estudos das bases de dados ACCENT e IDEA, apresentada no 2022 ASCO® Gastrointestinal Cancers Symposium, avaliou o impacto prognóstico da DPT e da DPO, em pacientes com CCR estágio III, para os quais havia sido planejado tratamento adjuvante com fluoropirimidina e oxaliplatina (FOLFOX ou CAPOX) por 06 meses.  

DPT foi definida como descontinuação do tratamento antes que 75% dos ciclos planejados de tratamento fossem oferecidos. DPO foi definida como descontinuação exclusiva da oxaliplatina e manutenção da fluoropirimidina antes que 75% dos ciclos planejados de oxaliplatina fossem oferecidos. Associação entre DPT/DPO, sobrevida global (SG) e sobrevida livre de progressão (SLP) foram calculadas usando o modelo de Cox ajustado pelos fatores prognósticos conhecidos.  

Análises de DPT incluíram 10.444 pacientes (FOLFOX n = 7.033; CAPOX n = 3.411) e 20,9% deles descontinuaram precocemente o tratamento (17,8% do grupo FOLFOX e 27,2% do grupo CAPOX, p < 0,001). De 7.243 pacientes avaliados para DPO, 18,8% interromperam precocemente o uso de oxaliplatina (17,4% do grupo FOLFOX e 21,4% do grupo CAPOX, p < 0,001). Comparados com pacientes sem DPT e DPO, os pacientes que interromperam o tratamento ou a oxaliplatina de forma precoce eram, estatisticamente, predominantemente mulheres, idosos e tinham ECOG-PS ≥ 1. Para DPT, índice de massa corporal (IMC) < 18.5 kg/m2 também foi um fator de risco de descontinuação relevante.  

Análises multivariadas apontaram que DPT foi associada com um prejuízo em SG e SLP na população geral (HR 1,40 [95%CI 1.23-1.58], p < 0,001 e HR 1,51 [95%CI 1.31-1.74], p < 0.001, respectivamente). O mesmo padrão foi observado para tratamento com esquemas FOLFOX e CAPOX e para pacientes de baixo-risco e alto-risco de recorrência, exceto para pacientes de baixo-risco que receberam esquema CAPOX. Em contraste, DPO não foi associada a prejuízo em SG ou SLP na população geral (HR 1,10 [95%CI 0,77-1,58], p = 0,6 e HR 0,97 [95%CI 0,62-1,52], p = 0.9), na população de baixo risco de recorrência (HR 0,97 [95%CI 0,56-1,66], p = 0,9 e HR 0,97 [95%CI 0,51-1,82], p = 0,9) ou na população de alto risco de recorrência (HR 1,22 [95%CI 0,74-2,02], p = 0,4 e HR 1,05 [95%CI 0,53-2,08], p = 0,9) para qualquer regime de tratamento. 

Em conclusão, para pacientes com CCR estágio III tratados com 06 meses de quimioterapia adjuvante baseada em oxaliplatina, DPT foi associada com prejuízo em SG e SLP, a não ser para pacientes com baixo-risco de recorrência tratados com esquema CAPOX. Por outro lado, a DPO não foi associada com piores desfechos. Em caso de desenvolvimento de neuropatia grave ou outra toxicidade limitante durante o tratamento adjuvante baseado em oxaliplatina, dados dessa análise apontam para razoabilidade de se interromper o tratamento com oxaliplatina, mantendo fluoropirimidina apenas. Esses achados reforçam também o papel da fluoropirimidina como droga essencial no tratamento adjuvante dos pacientes com CCR estágio III.  

 

Referências: 

  1. Prognostic impact of early treatment discontinuation and early oxaliplatin discontinuation in patients treated with 6 months of oxaliplatin-based adjuvant chemotherapy for stage III colon cancer: an ACCENT/IDEA pooled analysis of 11 trials. Disponível em https://meetings.asco.org/abstracts-presentations/204525. 
Send this to a friend